Ateliê do Artista 

Sobre o Artista

O artista Joaz Silva se propõe a divulgar os novos talentos recém-saído do curso de arte plástica do seu ateliê, E abrir espaço no mercado das arte.

Joaz Silva artista Pernambucano e Representante do Brasil em eventos de arte contemporânea com Bienal na Europa pretende através de convite firmado com uma galeria em Nova Iorque expor em 2019, mas antes tem a XI Bienal Internacional de Arte Contemporânea de Florença na Itália, e já esta no salão de arte contemporânea "Art Revolutio Taipei" Cidade de Taiwan na Ásia 04/2017.
Em breve terá um intercambio de negocio de vendas das suas obras de arte com uma galeria de Florença na Itália.

JOAZ SILVA, nascido a 06 de setembro de 1962, natural de Recife - Pernambuco. Desde a infância mostrava fascínio pelo desenho, porém só em 1990 iniciou profissionalmente nas artes plásticas, quando fez curso de extensão em arte no Instituto de Cultura Técnica (ICT) sob orientação do professor Carlos Colombo (Uruguai), concluiu o curso "Questões conceituais sobre instalação na Arte Contemporânea" sob a orientação do professor Bill Ludenberg (USA), pelo Departamento de Teoria e Expressão Artística da UFPE.

E concluiu outros cursos o de encadernação artística realizado no museu Murilo Lagreca pelo Prof. E restaurador Eutrópio Bezerra, e o de Observação do desenho com o Prof. Gil Vicente no CEFAVI, Centro de Formação em Artes Visuais.

Realizou as exposições "Mergulho no Passado" e "Grafia da Polis" que conferiu a ele o título de Joaz das Igrejas, partindo daí seu apreço em retratar construções antigas, e resgate da história da cidade que tanto ama Recife.

Desde 2000 fundou sua escola de artes onde recebe alunos de todas as idades e ainda pessoas com deficiência cognitiva, resgatando a auto estima deles e ainda descobrindo novos talentos.

Recentemente, realizou a exposição "Linguagem do Agreste" no Museu do Barro em Caruaru. Esta coleção retrata a vida do sertanejo, seus costumes, trabalho e diversão.

Em decorrência desta exposição, Joaz Silva recentemente foi convidado e participou da X Bienal Internacional de arte contemporânea de Florença na Itália, para onde levou parte de sua coleção "Linguagem do Agreste", obtendo grande sucesso, expandindo as fronteiras para a arte pernambucana.

Em conjunto com sua produtora cultural Elaine Alves, atua no projeto Amo Colorir realizado nas praças da cidade com o intuito de levar a arte para perto da população, resgatando a história da cidade através da história da praça. Este projeto já esteve na Praça Maciel Pinheiro, Parque da Jaqueira (por duas vezes), Sede do Correio na Av. Guararapes e na praça externa à Estação de Metrô Santa Luzia na Estância. A intenção do projeto é além de resgatar a história da cidade despertar no cidadão o sentimento de pertencimento ao local.

Mundo do Artista

Aqui momento de criação, o estúdio e um lugar sagrado do artista onde sua arte surge cria vida e encanta o espectador.


Com Joaz Silva não e diferente sempre esta neste ambiente um lugar de produção artística onde surgiu e sugira, mas, e, mas belas coleções individuais de arte que lê deu o passaporte para expor no exterior e se tornando assim um artista internacional.       

Pintura Tela

Homem do campo, 2014

Grande Grafite 

A arte do grafite sobre lona.

Arte do retrato

Retrato em grafite sobre papel.

Material do Artista

cores que surge na mente do artista, e da vida ao ambiente de varias formas e natureza. 

Cor

Pastel Seco.

Cor

Aquarela.

Cor

Grafite

Interior do Estúdio 

Produção e execução 


Pinturas da coleção "Linguagem do Agreste 2017", vai a Xl bienal internacional de arte contemporânea de Florença Itália 2017 ainda em fase final da obra dos painel

Marca Registrada
Marca Registrada